Produto adicionado com sucesso!
Produto removido!

Atualmente, há diversas formas de você conseguir um bom resultado. Você pode levar sua guitarra a um técnico ou luthier de sua cidade, ou pode tentar você mesmo regular. Mas o problema é quando em ambas as situações, o resultado não é o que você esperava.

Se você já passou por isso, deve ler essa matéria, onde ensinamos como você pode melhorar sua guitarra. Continue lendo!

Como regular sua guitarra


Confira abaixo os motivos que fazem seu instrumento ter uma sonoridade ruim

Cordas velhas?

As cordas são o principal elemento do seu instrumento, afinal, sem elas, nada se faz com ele. Mas de nada adianta tocar com cordas velhas ou oxidadas, pois você não estará tirando o melhor proveito da sua guitarra. Já percebeu que as cordas oxidadas ou velhas oscilam de forma irregular, como se estivessem fora do seu eixo? Isso acaba causando trastejamentos no braço da guitarra e, além disso, seu timbre é fosco, sem brilho. Por falar nisso, você conhece a diferença nos timbres dos modelo das cordas? Senão, clique aqui e baixe o e-book grátis que fiz pra você aprender um pouco mais sobre o assunto.

Então, considere trocar o jogo de cordas de sua guitarra. Ao fazê-lo, como regra geral mas não obrigatória, retire uma corda por vez e reponha a corda retirada (exceto se você precisar higienizar a escala do instrumento ou regular tudo de novo caso saiba fazer claro). Fazendo isso, você ajuda a manter a regulagem do seu braço e molas da ponte caso a mesma seja tremolo ou flutuante. Procure também manter o mesmo calibre de cordas que estava usando antes, pois ao trocar um jogo de cordas 009 para 010, tenha em mente que isso atribui mais peso (força de tensão) ao braço, ponte, pestana e até mesmo tarraxas. Principalmente o braço e ponte são os que precisarão de ajustes na mesma hora, mas às vezes a pestana precisará ser modificada também. A tarraxa só sofrerá esse aumento de calibre se já estiver com algum problema na engrenagem, podendo travar ao ser mais exigida com uma corda mais pesada, por exemplo. Dá uma checada abaixo nas dicas que dou para você trocar as cordas de sua guitarra. Ah, normalmente tiramos todas as cordas para higienizar e regular a guitarra tá?

iframe video youtube troca guitarra

Braço empenado ou braço desregulado?

Esse é um assunto um tanto complexo, pois quando falamos braço empenado, é totalmente diferente de um braço desregulado. Muita gente se refere a um braço desregulado como braço empenado e vice-versa, mas para saber identicar a diferença entre ambos, é preciso um pouco de estudo e experiência. O braço desregulado tem solução apenas mexendo-se no tensor (alma) do braço. Algumas guitarras antigas não tem esse recurso, portanto, se a escala não está bem paralela às cordas, já podem ser consideradas empenadas. O tensor faz justamente esse movimento no braço da sua guitarra. Considere sua guitarra deitada numa mesa, apertando o tensor no sentido horário, o braço se movimenta em forma de arco para cima, e afrouxando o tensor no sentido anti-horário, ele se movimenta para baixo. Há tensores de ação simples e dupla, e claro que você deve usar a chave correta para movimentá-lo, do contrário poderá danificar a bala do tensor e inutilizar o mesmo.

A ferrugem é também um dos maiores causadores de tensores travados, e nesse caso, só uma substituição do tensor resolve. E isso não é um serviço que é um bicho de sete cabeças, você pode ser capaz de realizá-lo com informações corretas e objetivas como nesse curso que preparamos para você.

Trastes desalinhados ou amassados?

Esse é com certeza um dos problemas mais comuns, seja em instrumentos novos ou antigos. As guitarras mais antigas e muito usadas, tendem a ter trastes amassados principalmente nas notas mais usadas, isso é comum, pois o aço da corda amassa o material dos trastes. Quem nunca ouviu aquele ditado "água mole e pedra dura"? Os trastes mais duros como os de inox ,por exemplo, tendem a ter uma vida útil maior. Mas também há uma mudança de timbre de acordo com o material dos trastes que pode não agradar a seu ouvido. Mas voltando ao assunto dos amassados, concorda que ao amassar ele fica com uma altura diferente de seus trastes vizinhos? Por isso, precisam ser recuperados com ferramentas adequadas ao recoroamento destes trastes, até mesmo serem trocados em casos mais graves.

Mas aí você pensa, comprei uma guitarra nova e não terei esse problema. Infelizmente, você está enganado! Até mesmo as guitarras mais caras vem com trastes desalinhados de fábrica, algumas menos que as outras, mas isso é uma loteria e a experiência de mais de 30 anos me fez perceber que não há instrumento que não possa ser melhorado. Se você compra uma guitarra achando que estará livre de problemas e que não precisa ajustar ou levar ao luthier, poderá na verdade estar tomando a decisão mais errada da sua vida, pois uma guitarra com cordas mais altas, o fará fazer mais força para apertar as cordas, e consequentemente, desgastará mais seus trastes em um menor intervalo de tempo. Portanto, regular seu instrumento assim que comprá-lo é sempre a melhor idéia, para seu conforto e tocabilidade, além da vida útil do mesmo.

Se você quer aprender a explorar o conforto máximo da sua guitarra economizando dinheiro em regulagens, eu te ensino a atingir um nível profissional em suas regulagens. Mas não pense que será fácil, não compre cursos que lhe garantam o que não podem lhe entregar, o caminho é de muito estudo e prática e fazer ou aprender errado só lhe trará vícios que serão mais difíceis de corrigir. Com mais de 30 anos de experiência e Professor da melhor e mais tradicional escola de Lutheria do Rio de Janeiro, sei lhe encaminhar para obter um resultado de excelência em seus serviços.


Ponte desregulada?

A ponte tem esse nome não é por acaso, ela conecta suas cordas ao corpo do instrumento. Mas ela é também responsável pela entonação e equilíbrio das cordas, logo, se você não ajustar sua ponte, poderá ter sua guitarra soando desafinada ou desafinando constantemente. Você deve verificar as molas, a posição e a altura dos carrinhos para deixar tudo regulado e de acordo com a corda que está utilizando.

Diferente de outros setores, ainda não existem muitos revendedores especializados nesse tipo de roupa. Ou seja, existe muita oportunidade de crescimento para aqueles dispostos a oferecer produtos de qualidade e vender online roupas fitness.

Dicas para vender online roupas fitness


A moda fitness já entrou no gosto tanto das mulheres quanto dos homens, mesmo fora das academias. Por ser um vestuário confortável e que se adapta às diferentes temperaturas, são peças bastante utilizadas no dia a dia.

Por isso, se você se interessou por esse nicho de e-commerce e deseja saber como vender online roupas fitness, leia as dicas que separamos:

Estude seu público-alvo


Antes mesmo de começar a vender online roupas fitness é preciso conhecer o seu público.

Procure entender as preferências, necessidades, exigências e hábitos de consumo do seu público-alvo. Além de valores médios do que costumam comprar.

Essa análise inicial é muito necessária para que sua marca possa oferecer conteúdos e produtos que sejam atrativos e do interesse dos consumidores que chegam até você.

A definição do público-alvo da sua marca de roupas fitness pode ser feita por meio da observação das suas redes sociais e interações com clientes e potenciais clientes.

Faça um planejamento financeiro
Planejamento é essencial para o funcionamento correto de qualquer ação em uma e-commerce de roupas fitness. Sem planejar, nada dá certo.



Quando estamos falando sobre empreendimentos, isso fica ainda mais sério.

Por isso, para vender online roupas fitness é preciso começar a fazer um planejamento financeiro.

Recomendamos que você utilize uma planilha para fazer os cálculos e acompanhar a entrada e saída de dinheiro. Ou, se preferir, você também pode investir em um software especializado.

O importante é saber qual será seu investimento inicial e em quanto tempo você pretende recuperá-lo quando começar a vender online. Além disso, nesse tipo de negócio, também é importante contar com algum capital de giro.

Ofereça variedade de produtos


Uma ideia interessante para manter a saúde do caixa, captar clientes e ainda aumentar o ticket médio da sua loja virtual para vender online roupas fitness é trabalhar com outros produtos relacionados, como suplementos, produtos naturais, artigos de academia/crossfit ou qualquer outro item que se relacione com os interesses do usuário que está visitando o seu site.

Pergunte-se: além do que eu ofereço, o que mais o meu cliente pode precisar para ter uma experiência melhor com meus produtos principais?

Encontre os melhores fornecedores


Com sua lista de produtos bem definida, vá até o Google para fazer algumas pesquisas. O seu objetivo, nessa etapa, é encontrar pelo menos 3 bons fornecedores para cada produto, serviço ou sub nicho do seu e-commerce de roupas fitness para sua marca vender online.

Pode ser aquela grande marca que você já acompanha e admira a um tempo ou aquela empresa internacional super famosa, o importante é ter muitas opções antes mesmo de começar a vender online.

Reserve tempo suficiente para fazer muita pesquisa, pois essa etapa é muito importante. Visite o site de cada fornecedor encontrado e crie um documento para anotar nome e contato de todos aqueles que interessarem. Só comece a fazer ligações depois de finalizado o trabalho de pesquisa.

Use as redes sociais ao seu favor


A verdade é que as redes sociais se tornaram importantes ferramentas de divulgação e um meio para vender online e, por isso mesmo, você deve usá-las como aliadas.

Sendo assim, crie os perfis da sua loja de roupas fitness nas redes sociais voltadas somente para os seus produtos, dê destaque a opiniões positivas de clientes, interaja com os consumidores e sempre divulgue as suas peças.

Foque em fotos criativas e cheias de cores, prendendo a atenção do seu cliente. Uma dica super válida, é promover sorteios, que além de aumentarem o número de seguidores, deixam o seu engajamento lá no alto.

Também use e abuse dos stories para mostrar as roupas fitness novas, o dia a dia da loja e muito mais!

Ofereça brindes


É preciso criar diferenciais em relação aos seus concorrentes para ter mais proximidade com seus clientes e mais visibilidade para a marca conseguir atrair leads qualificados e vender online.

Então, nessa etapa, você precisará ser criativo.

Uma dica legal ao vender online é oferecer brindes. Diferentemente de outros mercados, existem muitas ideias de brindes para se trabalhar no segmento de roupa fitness. Mas atenção: se for trabalhar com essa estratégia, trabalhe com brindes de verdade, coisas que façam o cliente ficar feliz ao ganhar.

Gostou do post e das dicas para criar uma loja virtual de roupas fitness para começar a vender online? Deixe seu comentário!
Tecnologia
iSET - Plataforma de E-commerce para criar loja virtual
Plataforma de E-commerce para criar loja virtual